quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Diário do Junior Beckmann (JUNHO - 2014)

Para ter algo que você nunca teve, é preciso fazer algo que você nunca fez.

Aquilo que era normal, tornou-se chato.
O vento forte tenta soprar para longe milhões ensinamentos,
mas, me mantenho firme para alcançar a glória.
Glória conquistada, aproveitada e que me faz ir além...
Além de mim, além do que passou, e provavelmente, além do que ainda virá!...

Seja bem vindos ao sexto
Diário do Junior Beckmann de 2014


Leia o Diário de MAIO clicando aqui!

JUNHO :

- Maratona Brothers & Sisters à todo vapor.
- Chorei ao assistir The Normal Heart
(Um retrato incrivelmente verdadeiro sobre um assunto importante).
- Encontrei uma ex-cinemark
(Ah, Maria, é sempre ótimo ver você!).
- Vivi a greve dos Metróviarios
(E vi manifestantes e policias em conflitos por motivos diferentes e errados).
- Vi os filmes : August, Ninfomaníaca - Parte 1, The Falls, All Boys,  300 A Ascensão do Império, Leather e Ninfomaníaca - Parte 2.
- Gael 
(Foi sensacional, somente agradecimentos e carinho á você!).
- Ouvi os álbuns : Freedom (Rebecca Ferguson), Ultraviolence (Lana Del Rey), A.K.A. (Jennifer Lopez), Killer Love (Nicole Scherzinger), 
- Chá Bar do Bernardo.
- Li os livros : Deuses de Dois Mundos - O Livro da Traição e Sentindo na Própria Pele.
- Copa do Mundo \ô/
- Loucuras no 3024
- Eu, cinema e Cícero
- Aluguei o Hostel
(Falta pouco, amigos).
- Arraial dos Maluquetes 
- Em Família
- Acordei cedo. Trabalhei muito.
- E me vi livre de alguns vícios internos que me faziam regredir.



JUNHO 2014

Coração normal
Domando mundos.
Tábua de salvação;
Bicho que não caça,
Leão sem domador! 

Já morri diversas vezes
Por esperar sorrisos falsos.
Estou prestes a quebrar!
Um guerra começou
Em minha própria pele!...

Serei o número um.
Confiança virou chave,
Amor que é resposta.
Mundo cruel;
Cheio de venenos e tons de cinza.

Estrelas radiantes
Perdendo vitórias.
Folhas e quedas
Jogam para tentar vencer
Esse conto de fadas.

Quantas vezes um coração pode quebrar?
Ouça o silêncio do barulho,
São palavras que eu enterrei.
Deixando acontecer
Vi o sol desaparecer; o amor morrer.

Achei o copo do veneno;
Bebê-lo-ei!
Agora responda-me ó chamado
E aceites ser o meu eterno amado,
Não quero ser crucificado!...



Junho foi um mês intenso.
Respirei de maneira diferente porque aceitei coisas que antes eu não queria aceitar. Encarei o meu reflexo no espelho e fiquei contente com o que vi.
Eu precisava lutar, continuar lutando, porque a batalha é infinita, e é minha!
Esbarrei diversas vezes com o meu coração quebrado, mas dessa vez o enfrentei para salvá-lo.
Porque ás vezes é necessário entrar em conflitos internos e se auto-derrotar para finalmente se conhecer
Eu me venci para me achar, e me achei ao aceitar imperfeições.

Chico Xavier disse : 
Para ter algo que você nunca teve, é preciso fazer algo que você nunca fez.

E já que eu queria coisas inéditas, eu precisei ser inédito.
Me despi de velhos conceitos ao aceitar alguns erros e alcancei milagres internos.

Faça algo que você nunca fez e veja o poder da transformação na sua vida!
Querer ainda é poder, basta você crer.
Por isso levanta e anda, ainda falta muito caminho pela frente!...

Hasta La Vista
Junior Beckmann

Esse é o POST de número 100!
Palmas para o Fim do Final! \ô/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...